sexta-feira, 24 de maio de 2019

Para que serve a consciência corporal?

Muita gente pode se perguntar o que é consciência corporal, embora estas duas palavras juntas já expliquem um pouco do sentido dessa expressão. Todos sabem alguma coisa sobre o próprio corpo e neste sentido, todos têm alguma consciência corporal. Então qual é a importância de trabalhar a consciência corporal e qual sua relação com o teatro?
O teatro é uma linguagem artística que ocorre por meio do corpo. Precisamos do corpo para nos expressar teatralmente! Neste sentido, não basta sabermos coisas básicas, como reconhecer quando sentimos fome ou quando temos sono.
A consciência corporal irá explorar as possibilidades de movimento, controle e expressão do corpo. Para tanto é importante que neste trabalho seja oferecida informações sobre a estrutura óssea, a musculatura e os órgãos, pois compreender conceitualmente, além de sensorialmente ajuda neste processo.
Mas, é na exploração das possibilidades corporais que iremos conhecer nosso corpo. Um dos aspectos importantes a ser ressaltado é que não existe um modelo perfeito onde devemos chegar. Os corpos são tão variados como o número de pessoas existentes na Terra. Conhecer esta diversidade e reconhecer suas especificidades é parte desta proposta.
Vale a pena lembrar que o corpo não é apenas força ou alongamento, estas duas qualidades são características da musculatura corporal e irão interferir nas possibilidades de realização de alguns movimentos, de alguns gestos, mas a expressão não está vinculada a potência muscular! A expressão acontece muito mais pelo quanto nos conhecemos, pela consciência que temos de nossas possibilidades do que pelo exercício muscular.
O corpo é pele, olhos, boca, voz, dedos do pé… Nosso corpo irá se expressar com cada cantinho, assim como com o todo. As emoções que sentimos interferem na forma pela qual nos expressamos e conseguir controlar as emoções é parte do trabalho de consciência corporal. Saber até onde podemos controlar, também é parte da consciência sobre nossas possibilidades.
São inúmeros os campos de atuação para que possamos saber mais sobre o funcionamento corporal e sobre nosso potencial expressivo. Na próxima proposta dos Alunos em cena iremos apresentar uma sugestão. Enquanto isso, vá sentindo seu corpo e descobrindo um pouco mais sobre você!

terça-feira, 26 de março de 2019

Inscrições abertas para a oficina de formação e interpretação teatral, com Jeanine Rhinow

Estão abertas as inscrições para oficina gratuita de formação teatral: "O Ator como Instrumento do Seu Ofício", ministrada por Jeanine Rhinow. PROJETO A CASA – PRONAC 171657

Pré requisitos para participar da oficina:

Disponibilidade e interesse em participar, durante 04 meses, com assiduidade e responsabilidade.


Cronograma de atividades da oficina:


Abril de 2019, das 19 às 22h. 
Dia 29/04.

Maio de 2019, das 19 às 22h. 
Dias 29/04, 06, 08, 13, 15, 20, 22, 27 e 29 de maio.

Junho de 2019, das 19 às 22h. 
Dias 03, 05, 10, 12, 17, 19, 24 e 26.

Julho de 2019, das 19 às 22h. 
Dias 01, 03, 08, 10, 15, 17, 22, 24, 29, 31.

Agosto de 2019, das 19 às 22h. 
Dias 05, 07, 12, 14, 19, 21, 26 e 28.


Os interessados em se inscrever devem solicitar a ficha de inscrição através do e.mail projetoacasa.sfs@gmail.com

As inscrições serão reunidas e se houver um número maior de inscritos do que o número de vagas será feita análise das informações contidas na ficha de inscrição para selecionar os participantes.

CARGA HORÁRIA TOTAL: 120 horas

MINISTRANTE: Jeanine Rhinow

PÚBLICO ALVO: Jovens, a partir de 16 anos e adultos interessados na ampliação de conhecimentos teatrais e na profissionalização teatral.

NÚMERO DE PARTICIPANTES: 20 (vinte)

PERÍODO DE REALIZAÇÃO: de 29 de abril a 28 de agosto de 2019. As aulas serão semanais, com encontros duas vezes por semana, às segundas e quartas feiras das 19h às 22h. Cronograma detalhado abaixo.

LOCAL: Casarão das Palmeiras
Endereço: Alameda Ipiranga, 88 – Rocio Grande, São Francisco do Sul - SC. Próximo à câmara de vereadores. Clique AQUI para ver no Google Maps. 

Sobre a ministrante da oficina: Jeanine Rhinow


Com 27 anos de atuação profissional no teatro em diversas funções como atriz, figurinista, diretora, autora, professora, produtora, Jeanine Rhinow, formada em Artes Cênicas – interpretação teatral- pela PUC/PR em 1990 e pós-graduada em Produção da Arte e Gestão da Cultura em 2014, desenvolveu um método próprio de ensino baseado na percepção do ator como um todo. A consciência corporal visando uma preparação do corpo sem danos físicos e melhor aproveitamento da bagagem e características corporais de cada indivíduo, a consciência espacial visando uma interação inteligente com o espaço cênico que resulta numa total atenção do entorno embora focado na interpretação, a noção psicológica provinda de análise de personagens e situações, que permite através da empatia, a colocação do ator no universo da personagem e lhe permite acessar emoções que serão usadas para compor essa personagem.

Para isso serão repassadas técnicas corporais, vocais, feitos estudos de textos e desenvolvidos exercícios de improvisação e interpretação. Todas as técnicas e estudos terão partes teóricas e práticas. Serão fornecidas fontes bibliográficas e filmografia básica para aprofundamento dos estudos.




Programa:


Breve história do teatro – busca dar uma noção da origem e desenvolvimento do teatro, passando por vários movimentos e momentos históricos. 

Objetivo: identidade cultural e noção de pertencimento através da apropriação de informações pertinentes ao entendimento da arte teatral;


Noções de psicologia – estudos básicos de psicologia para aplicação na construção de personagens. 

Objetivo: conhecimento da mente humana, autoconhecimento, capacidade de colocar-se no lugar de outrem (empatia), capacidade de analisar os textos e situações, personagens, suas emoções, encontrar os subtextos e entrelinhas contidos nos mesmos. E finalmente capacidade de utilizar suas bagagens emocionais para acessar a emoção de personagens, através do resultado obtido dessas análises.


Expressão corporal e vocal – conhecimento teórico e prático do corpo, sistema respiratório, muscular e ósseo, utilizando diversas técnicas para aquecer, preparar, ativar e relaxar corpo e voz. 

Objetivo: deixar o ator apto a utilizar seus recursos corporais e vocais com qualidade e propriedade, sem correr riscos de danos físicos e esforços desnecessários, tornando-o consciente da totalidade do seu corpo.


Exercícios de improvisação e interpretação - criação de personagens e situações, leituras e estudos de textos. 

Objetivo: apropriação de todo o conhecimento adquirido na oficina a fim de utiliza-lo nos exercícios propostos nessa fase do processo.


Procedimentos metodológicos:


Aulas teóricas e práticas em sala de aula. Estudos de casos, leitura estudos de textos, exercícios práticos e aplicação do conhecimento obtido como experimentação na prática do ator.